segunda-feira, 9 de abril de 2012

Carta para Mark



Chega, cansei! Precisamos conversar. Mark Zuckerberg, eu nunca gostei de você. Até fui ao cinema assistir o filme. Juraram que toda essa minha birra pré-histórica passaria quando te visse sendo interpretado por um cara bonitinho, e nada. Eu continuo te odiando de graça.
Você provavelmente já mudou a minha vida, se bobear o meu destino e me colocou em muita encrenca quando fez o Facebook. E eu não estou sendo dramática. Acho até que por sua culpa ainda não casei. (Leia isso com lágrimas nos olhos).
Por sua causa fico ansiosa a espera de uma mensagem inbox, atraso em uma média de sete dias qualquer tipo de paquera (até o cara resolver me adicionar já deu tempo de me confirmar em outros três eventos de outros possíveis três amores da minha vida) e tenho vontade de vomitar quando recebo uma cutucada. Pode acrescentar aí que eu também arrepio toda quando você me sugere adicionar o Pedro Henrique, que me fez chorar muito no recreio na sétima série, ou a Carolina que não conversava comigo só porque eu usava aparelho freio de burro. Sorte sua que ela está o triplo do meu peso. E o Pedro Henrique curtiu Molejo.
Sabe, Mark, minha vida seria muito mais fácil se a pessoa que eu conheci semana passada ligasse para o meu telefone fixo. Mas não. Você facilitou para ela que tem sérios problemas em contatos íntimos e dificultou para mim que acho um charme escutar a voz. Sem contar que deixou a coisa muito mais complicada quando eu e essa pessoa somos um casal e estamos inscritos na sua rede social. Ok que eu estou pouco me lixando para você, mas todos os meus amigos me ensinaram que se meu namorado não quer colocar que está em um relacionamento sério comigo, aí tem coisa. Eles também me ensinaram a não compartilhar a minha senha e a tomar muito cuidado onde faço login. Mas fala isso para o meu Iphone, Mark! A coisa fica ligada, é automático. Sobe até janela "push". Bobeou, e pronto, tô ferrada. Já pensou se um ladrão rouba e resolve escrever um blog com as minhas inbox? Putz! E se ele resolve recitar em praça pública minhas últimas conversas no chat?
Beleza, Mark, não estou brigando. Concordo com você quando diz que me ajuda pra caramba quando mostra que a vaca da ex dele vai estar no evento de quinta-feira, e por isso é melhor não ir. Mas na real, na real mesmo, você só está prejudicando minha formação social. É por culpa dessa sua ajuda que sou insegura socialmente. Se você não me contasse que a vaca estaria lá, eu não deixaria de ir à festa e seria mestre em encontrar pessoas que eu não quero ver nas baladas.
Outra coisa também tem me deixado meio chateada. Nessa eu até compreendo que a culpa não é somente sua. Tenho recebido convites para lugares que jamais freqüentei nem nos meus piores pesadelos. Nem naquele pesadelo que eu estou pelada na escola, estar em alguma dessas boates seria melhor. Promoters me convidam para uma média de dois eventos por dia – e isso não aumenta de nada minha popularidade, pois não faço ideia de onde eles surgem e em qual momento da minha vida aceitei a solicitação deles. Nessa você está perdoado, porque acredito que não planejou esse tipo de uso para a sua invenção. Mas e o aniversário da Luiza que eu só soube pelo telefone duas horas antes porque o evento privado que ela fez se perdeu no meio desse tanto de evento de pagode em letra maiúscula? Por essa eu não te perdôo jamais!
Olha que preferi nem jogar na sua cara a tal da "marcação" em fotos. Estudos apontam que 2 a cada 10 casais brigam por isso. Cara, na boa, como é colocar a cabeça no travesseiro sabendo que essa sua cara de anjinho, nerd e até meio sexy não passa de um disfarce de um destruidor de relacionamentos? (Desculpa, peguei pesado nessa, mas você mereceu).
Parece coincidência, Mark, mas enquanto escrevia esse desabafo, me convidaram para o "Último Ensaio do Axé Brasil 2012" e fui marcada em VINTE fotos completamente bêbada numa festa de comissão de formatura. E o Felipe? O Felipe estava online no chat, mas nem me cumprimentou.
Te odeio.

PS: Gente linda, nos próximos dias o blog não vai ser constantemente atualizado como de costume. Vem aí um projeto novo que tem me deixado muito feliz, ansiosa e com olheiras até as orelhas de não conseguir dormir. E o melhor: está sendo feito para vocês. Enquanto por aqui as coisas ficam um pouco paradas, vamos conversando lá no Twitter: @mabrafman.

PS2: Tenho recebido muitos e-mails referentes as dúvidas que respondo nas colunas D.R. e Cabecinha no ombro. Infelizmente, não consigo responder todos, além dos que escolho semanalmente para ambas. Pensando nisso, reativei meu Formspring, e duas vezes por semana respondo as dúvidas (resumidas, pelamor!) do pessoal por lá. Beleza? Corre lá e desabafa pra Má.

PS3: Obrigada pelo carinho, pelos comentários e pedradas no tuíter. Estamos aí para isso. Lembrando que eu sofria bullying quando era pequena. Não me mimem demais que eu fico chata.


PS4: Agora é sério: obrigada de coração. As coisas estão acontecendo. Finalmente.


PS5: Beijo, mãe!

17 comentários:

  1. Marcella, casa comigo?

    ResponderExcluir
  2. "(...)ainda não casei"
    A frase que eu tanto esperava desde que comecei a ler este blog! A esperança persiste! HAUhauahuaa

    Meu, eu poderia redigir um texto no mesmo teor de revoltz com o Zucka aí, mas no meu caso, por NÃO TER facebook. Passei tanto apuro nas épocas de orkut que quando saiu essa moda aí eu nem quis aderir a mais uma ferramenta que cagueta onde vc esteve, com quem vc anda e tudo mais... Agora sou alvo de chacota e justificativa barata de todas as pessoas que me cercam: pessoas que frequentavam minha casa até tempos atrás dizem que eu sumi 'porque não tenho feice'. Meus amigos marcam o futebol e o churrasco por ali. As mulheres que eu fico não me passam seus telefones, me dão o nome num papelzinho e pedem para procurá-las no facebook.

    Tô vendo que não demorar muito e terei de confirmar presença no meu próprio aniversário pelo facebook, caso contrário serei impedido de participar! Falando nisso, minha vó é a única pessoa no mundo que não esquece meu aniversário. E ela não tem nem idéia do que seja facebook.

    Maldita inclusão digital!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu disse, que diiiiiiisse que você estava afim!!! kkkkkk

      Excluir
    2. Próxima parada: MG ;)

      Hauhauahuaha...

      Excluir
  3. vc vai mudar de blog?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conto todas as novidades em quinze dias! :*

      Excluir
    2. Eeeita 15 dias q nao passam! Kkk

      Excluir
  4. hahahahahahah mto bom!!!! Ameiii!!!!!
    Eu AMOOO seus textos e super me divirto!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Hahahahahaha Adoreiii Marcella!!!
    Eu super me divirto com seus textos... veio na hora certa, tava precisando de umas boas risadas nesse finalzinho de expediente!!!
    Bjs!!

    ResponderExcluir